Contrafação na Moda

A moda não se baseia em ser algo apenas consumível, o objetivo é ser mais que um mero produto entre muitos, pois se movimenta na linha que separa o consumo da arte. (Helena Maia)

Quando falamos de vestuário, estamos falando de sentimentos, de um espelho do que você é ou pretende se tornar. A moda é um reflexo de como somos e da época que vivemos, podendo revelar suas ambições, aspirações, prioridades, conservadorismo ou liberalismo, ou ainda, capaz de satisfazer necessidades emocionais simples ou complexas. Ou seja, a moda revela características, identidades e status de quem as usa.




Na moda o caráter estético sobreleva o caráter funcional, pois o maior valor de uma peça de vestuário não reside estritamente na qualidade do material, mas sim na originalidade e criatividade do desenho, sendo a finalidade primária de uma roupa a sua aparência e não sua utilidade. Em suma, as criações são intelectuais, fruto de uma evolução das técnicas indústrias, revestida de técnica e que se aproxima da arte, merecendo a proteção pela propriedade intelectual.




IMAGEM: MATRIZ SKATESHOP




As empresas de moda estão cercadas por informalidades das mais diferentes modalidades. Há quem descumpra obrigação trabalhista, tributária, desrespeite direitos e liberdades fundamentais em ambientes de trabalho, ignore planos de negócios e mapas de riscos e até viole direitos alheios.


Como por definição a indústria da moda é baseada em tendências, é comum designers serem influenciados uns pelos outros. O processo criativo envolve a busca por referências de mercado, situação essa que é ainda mais notória devido a ampla divulgação de tendências nas mídias. Esse cenário ainda se agrava quando um autor for especialmente bem-sucedido com um determinado item ou produto, aumentando o leque de concorrentes que, possivelmente, irão tentar imitá-lo.


Todo aquele tempo que a empresa investiu criando, pesquisando, escolhendo material, é inversamente proporcional ao tempo da produção de suas cópias. No mundo de hoje, copiar o produto é garantia de venda e, além disso, é garantia de produção rápida com custo baixo. Inclusive, existem empresas que são especializadas em cópias e agem de tal maneira que é até difícil descobrir se um produto consiste em um original ou cópia.




SITE: DOMESTIKA




De forma mais técnica, juridicamente falando no que tange às marcas, o nome genérico de contrafação se dá àqueles atos praticados por terceiros que importem em violação do uso exclusivo da marca, mas sem interesse de violação do direito de paternidade, somente com o intuito de aproveitamento econômico. Ou seja, ocorre quando o contrafator não só reproduz e distribui a mercadoria fraudada, mas ainda tenta fazer crer que o seu produto é uma mercadoria de procedência legítima, produzida pelo verdadeiro fabricante para aferição de proventos econômicos da obra, relacionado tal modalidade diretamente aos aspectos patrimoniais.


Não bastassem essas práticas preocupantes, a situação é agravada, pois os consumidores de produtos oriundos do comércio ilegal, apesar de saberem e reconhecerem as desvantagens da compra de baixa qualidade, menor vida útil, procedência desconhecida e caráter ilegal, destacam como benefícios o preço baixo, acesso fácil, poder de barganha e a flexibilidade de negociação.


Outrossim, a maioria dos referidos consumidores que compram regularmente tais produtos falsificados, contrabandeados, fabricados fora das normas técnicas e exigências legais e sem qualquer tipo de controle de qualidade, mesmo tendo ciência que o consumo deles pode apresentar riscos à saúde, não pretendem alterar seus hábitos de consumo.


 

Como posso evitar a contrafação?


Pesquisando! Hoje em dia você gasta horas na frente de um celular ou computador, use isso ao seu favor. Quando for efetuar uma compra procure saber mais a fundo sobre o produto desejado, hoje no Brasil existem inúmeras marcas que criam com 100% de originalidade produtos de altíssima qualidade e com o preço equivalente a peças de origem suspeitas.


Se destacar no meio de tantas pessoas é essencial. Pessoas com um breve conhecimento sobre Moda ou marcas reconhecem réplicas, por isso é importante manter sua originalidade em dia. E não pense que para se destacar precise usar roupas de grifes, apenas opte por algo que mostre um pouco mais de você, que passe a ideia que você é original ao meio de tantas cópias.




SITE: GUCCI




Fontes:


https://www.vogue.pt/moda-contrafacao


https://visao.sapo.pt/atualidade/economia/2016-12-10-a-quem-beneficia-a-contrafacao-na-moda-se-calhar-a-todos/